Fado Dançado

Home / O que Fazemos / Fado Dançado

Em 2014 a Associação copy-of-fado-dancado-conlabiniciou uma nova aposta para alargar o seu leque de atividades e aprofundar o seu impacto social na comunidade: oficinas e atuações de Fado dançado.

O Fado, cujas origens nas mourarias de Lisboa têm como palavras embrionárias o “Khado” (mourisco que significa “cantilena”) e o “Fatum” (Latim que significa destino/fatalidade), teve os seus maiores momentos na “Lisboa boémia” de meados do séc. XIX. Nesse período o Fado esteve associado à dança com fortes influências afro-brasileiras, tendo surgido nos contextos populares de Lisboa como forma de retratar a vida do quotidiano. Em finais de 1926 o Fado deixa de ser dançado para passar a ser cantado, transformando-se num símbolo da identidade nacional (hoje Património Imaterial da Humanidade).

A recriação de coreografias com várias danças de cariz luso afro-brasileiro praticadas no Fado dançado é então a base do trabalho deste projeto. A apresentação deste conceito às comunidades imigrantes e sociedade em geral ajuda a Associação a contribuir para uma melhor compreensão da cultura portuguesa bem como para a divulgação da importância da cultura angolana, cabo-verdiana e brasileira no aparecimento e reconhecimento daquele que é considerado o maior património imaterial em Portugal. Com efeito, tendo o Fado surgido associado à dança nos contextos populares de Lisboa, consideramos fazer todo o sentido reviver este conceito do Fado dançado, apresentando-o às novas gerações, que nunca tiveram contacto com esta forma artística.O desenvolvimento do projeto tem sido acompanhado por um documentário e foi distinguido com o prémio “Boas Práticas | Associativismo Juvenil” pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude.

_pic4953_1     _pic4881_1     _pic4894_1

Desde o início 2016, a Associação tem levado a novos contextos a recriação das origens multiculturais do Fado dançado, capacitando jovens e adultos do Concelho de Oeiras nas técnicas artísticas da dança tradicional africana, guitarra portuguesa, viola e percussão tradicional africana, relacionadas com a tradição do Fado dançado.

Para mais informações ou solicitações, contacte-nos.

Consulte a nossa Galeria para ver mais imagens e vídeos das nossas atuações.

Esta iniciativa conta com o apoio de: